Carina. SP - Brasil. "É tão bom morrer de amor e continuar vivendo"
Você com sua música esqueceu o principal, que no peito dos desafinados, no fundo do peito bate calado, que no peito dos desafinados, também bate um coração. (Desafinado - Tom Jobim)

 

science-junkie:

An identification chart of 42 North American butterflies.
By artist Eleanor Lutz. You can find the full sized GIF here or pick up a poster for your room here.

science-junkie:

An identification chart of 42 North American butterflies.

By artist Eleanor Lutz. You can find the full sized GIF here or pick up a poster for your room here.

"Ser teu pão  Ser tua comida Todo amor que houver nessa vida E algum veneno antimonotonia” - Todo amor que houver nessa vida, Cazuza

"Ser teu pão
Ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum veneno antimonotonia”
- Todo amor que houver nessa vida, Cazuza

É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer
Abandonar tudo por medo
Não transformar sonhos em realidade
Ter medo da vida e de seus compromissos
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.

Pablo Neruda  (via descuidada)

(Source: oxigenio-dapalavra)

Somos donos de nossos atos,
mas não somos donos de nossos sentimentos.
Somos culpados pelo que fazemos,
mas não somos culpados pelo que sentimos.

Mário Quintana

"Moinho de versos
Movido a vento
Em noites de boemia 
Vai vir o dia
Quando tudo que eu diga
Seja poesia” 

- Paulo Leminski

"Moinho de versos
Movido a vento
Em noites de boemia
Vai vir o dia
Quando tudo que eu diga
Seja poesia”

- Paulo Leminski

Não se admire se um dia  Um beija-flor invadir A porta da sua casa Te der um beijo e partir Foi eu que mandei o beijo  Que é pra matar meu desejo Faz tempo que eu não te vejo Ai que saudade d’ocê!

Não se admire se um dia
Um beija-flor invadir
A porta da sua casa
Te der um beijo e partir
Foi eu que mandei o beijo
Que é pra matar meu desejo
Faz tempo que eu não te vejo
Ai que saudade d’ocê!