Carina. SP - Brasil. "É tão bom morrer de amor e continuar vivendo"
Você com sua música esqueceu o principal, que no peito dos desafinados, no fundo do peito bate calado, que no peito dos desafinados, também bate um coração. (Desafinado - Tom Jobim)

 

Sentia vontade de chorar, mas não saía lágrima alguma. Era só uma espécie de tristeza, de náusea, uma mistura de uma com a outra, não existe nada pior. Acho que você sabe o que quero dizer, todo mundo, volta e meia, passa por isso, só que comigo é muito frequente, acontece demais.

Charles Bukowski. (via palavrisses)

(Source: recitoversos)

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinicius de Moraes  (via palavrisses)

(Source: aluguefelicidade)

Antes de voltar pra casa uma xícara de felicidade com morangos! *-* 

Melhor coxinha e bolo que já comi na vida! *—-* (em Padaria Brasileira)

Antes de voltar pra casa uma xícara de felicidade com morangos! *-*

Melhor coxinha e bolo que já comi na vida! *—-* (em Padaria Brasileira)